manchinha

Fevereiro 02 2005
a morte chega cedo digo-vos eu que estou aqui debaixo de muitos palmos de terra a pensar por que razão chega ela e não chega a ausência o vazio total o oblívio enfim
a morte chega cedo e surpresa total não nos retempera não é nenhuma meta continua tudo na mesma como nos pesadelos quando somos crianças em que estamos a tentar fugir de qualquer coisa e não saímos do mesmo sítio pesam-nos as pernas toneladas como se sofressemos de elefantíase
a morte chega cedo é assim como portugal que desespero que aridez a dos blogues dos líderes candidatos vá-se lá saber como é que se consegue ser tão completamente desinteressante quando a finalidade é caçar votos digo eu que me aborreci de morte só a ler meia dúzia de linhas que castigo é este o nosso a que eterno martírio nos condenaram quando nos destinaram um país em que qualquer político é tão absurdamente entediante que nos faz desejar estar mortos não mortos na cama em silêncio e no meio de lençóis mas assim com a cabeça debaixo de um autocarro completamente esmagada ou assim com uma rajada de arma automática violenta enfim qualquer coisa que seja a antítese deste pesadelo de nadas que se arrastam e não nos largam não desamparam a loja nem as nossas vidas e isto deve ser o purgatório eterno estar-se condenado à mediocridade e ao limbo neutro da política e das ideias deste canteiro à beira-mar plantado
a morte chega cedo mas nunca para o mal esse é eterno claro
a morte chega cedo mas não suficientemente cedo para afastar o tédio e o sentimento de derrota a viscosidade do que nunca deixará de ser insuficiente e medíocre
não votem em mim não votem em mim não votem em mim não votem em mim
publicado por manchinha às 15:21

vocês não digam nada a ninguém, porque é segredo, mas este liebchan é de facto o senhor bush, que me pediu para fazer aqui uma perninha, uma vez que, oficialmente, não pode ter um blog no sapo como os senhores paulo, josé, jerónimo ou pedro. o trato era exclusivo comigo, mas acho que ele andou a vender a ideia a mais luso-representantes. vocês sabem como é. políticos...Mancha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:e_manchinha@sapo.pt)
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 08:20

A chatice é não podermos ir à casa deles fazer as perguntas. Os tipos chegam à nossa casa e despejam o lixo que entendem. E nós nem uma perguntinha podemos ir fazer. Eu cá vou começar a apagar o que me der na gana! Não estou para queimar espaço com esta gente.Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 18:25

Eu quero aproveitar as visitas de liebchan para tirar algumas dúvidas sobre leis bíblicas que me atormentam:
Por exemplo, o meu tio gostaria de vender a sua filha como serva, tal como nos é indicado no Livro do Êxodo, capítulo 21, versículo 7. Na sua opinião, qual seria o melhor preço? O Levítico também, no capítulo 25, versículo 44, ensina que posso possuir escravos, homens ou mulheres, na condição que eles sejam comprados em nações vizinhas. Um amigo meu americano afirma que isto é aplicável aos mexicanos, mas não aos canadianos. Poderia esclarecer-me sobre este ponto? Tenho um vizinho que trabalha ao sábado. O Livro do Êxodo, capítulo 25, versículo 2, diz claramente que ele deve ser condenado à morte. Sou obrigado a matá-lo eu mesmo? Poderia sossegar-me de alguma forma neste tipo de situação constrangedora?
Obrigado desde já pela atenção.Teca
(http://www.t2comvaranda.blogspot.com)
(mailto:ticateca@iol.pt)
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 17:59

Mas onde diabo se meteu a celta??? Essa mulher só aparece às crianças indefesas! Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2005 às 17:52

s...o...s...b...l...o...g...s...o...s...Mancha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:e_manchinha@sapo.pt)
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2005 às 11:49

Não dá. Olha, vai ao principal e apaga. Résteas de alhos pendurados deve resultar!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 21:05

Já mandam, isto já é terrorismo. Pelos vistos temos de ter comentários como os do Miguel. Ou então deixa-os para aí. Espera, lembrei-me de uma.Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 20:56

eu digo... isto já é mania da perseguição. daqui a nada mandam homens-bomba aos blogs...Mancha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:e_manchinha@sapo.pt)
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 14:53

A Igreja deve ser Ùna e Santa...

Está na hora da igreja e dos cristãos únirem as mãos e repúdiarem definitivamente a banalização da união de facto entre homosexuais....

Não somos contra os homosexuais, somos contra o homosexualismo...

Não somos contra os toxicodependentes , somos contra a droga...

Não somos contra as mães que abortam , exigimos condições de vida para elas disporem de outras opções...

Esta semana deve servir de reflexão , agora que esta garantida coligação governamental que certamente vai banalizar todos estes aspectos....

Vamos dizer não á imoralidadeliebchan
</a>
(mailto:liebchan@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 10:29

Coincinerização em Vladivostok já!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 10:22

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Fevereiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

22
23
24
25
26

27
28


pesquisar
 
blogs SAPO