manchinha

Setembro 28 2005
eu gosto das minhas dúvidas sem sombra de dúvida gosto de as cozinhar cá dentro enquanto acumulo barris de petróleo e pólvora prontos a explodir à mínima faísca nunca gostei de brincar aos bombeiros sempre achei que não há glória nenhuma em ser-se voluntário de causas tão angustiantes como fogos e desastres e catástrofes faz-se o que se tem de fazer mais nada mas ainda gostava de saber quem é que inventou o voluntariado a tempo inteiro porque a mim cheira-me que é mais uma coisa de exploração à custa da consciência é assim primeiro há que lhes amassar e anular completamente a auto-estima e depois toma lá um trabalho como voluntário para experimentares o bem que sabe fazer bem é uma falácia mas vais aparecer um dia na televisão a ser louvado pelo altruísmo batem-te palmas e tocam-te nas costas durante dez minutos além disso ninguém vai querer saber se tens contas de electricidade atrasadas ou comida suficiente no frigorífico se vens a pé para o trabalho porque não tens um tostão ou se no próximo mês te vão buscar a mobília a casa isso é que era bom os heróis que se aguentem à bronca pois então por isso é que gosto das minhas dúvidas são uma espécie de património intocável o vizinho do lado pode ter um montão de dúvidas mas as tuas são só tuas raio há lá agora duas dúvidas iguais neste mundo digo-te eu que são como as impressões digitais montes de diferentes sempre diversas porque aumentam e diminuem expandem-se ou apagam-se conforme comeste mais ou menos porrada do teu pai se o teu patrão perdeu mais ou menos tempo a humilhar-te sistematicamente à frente de todos se decidiste ou não que lhe rebentavas as fuças e até deste um passo mas lixaste-te ainda mais claro o que é que estavas à espera se os teus objectos de desejo te deixaram ou não apalpá-los no escuro ou quando mais ninguém estava a olhar ou levaste uma valente estalada também pode ser que isto de se ser amado não tem correspondência com coisa nenhuma bem falam nessas tretas da fusão entre dois amantes e o diabo a quatro mas não é verdade pura e simplesmente não é verdade porque o que geralmente acontece é que cada um curte a paixão à sua maneira e quanto mais conheces a outra pessoa mais dúvidas tens de que seja o mesmo estás a ver onde entram a porra das dúvidas como são importantes mesmo onde não deviam ser pois aí tens o que te tenho estado a dizer desde o princípio as dúvidas são um capital do caraças são fé pura e simples ou muito muito mais porque tu tens normalmente dúvidas sobre a tua fé mas nenhuma fé nem queres ter caramba fé nas tuas dúvidas ora eu gosto de dúvidas e agarro-me a uma qualquer por pequena que seja que elas são mais certas que todas as certezas juntas que a cem por cento ninguém tem certeza de coisa nenhuma essa é que é essa eu até arranjei um sistema de classificação das dúvidas por cores conforme são frias quentes ou complexas se são leves ou insidiosas se te agarram pelos fundilhos e te dão cabo da vida ou podes encolher os ombros e atirá-las para o canto como um pedaço de lixo não é fácil acarinhar uma dúvida mas digam lá a verdade se não é óptimo ter uma dúvida a ocupar-nos o tempo
publicado por manchinha às 08:02

Setembro 27 2005
manchinha-job.gif

olhem que eu hoje estou aqui para vos apresentar a Borradela que me vai acompanhar nas próximas postagens assim a veneta lhe permita



Pedirem-me a mim que escreva umas breves vinte linhas sobre as eleições mostra ser, nos tempos que correm, uma distracção absoluta. Mas as amizades não têm de ser atentas a todas as horas do dia, tal como os políticos não têm de ser honestos a hora nenhuma.
Isto tudo, porque nesta fase do campeonato, me encontro numa encruzilhada de difícil safanço. Eu, que sempre me considerei uma pessoa com ideias que estavam mais próximas da democracia, tremo só de me reconhecer duvidosa nas virtudes desse sistema político à beira de sucumbir ao neo-liberalismo.
Para mais, numa altura em que os políticos se demitem e os que procuram os focos mediáticos dos papéis ainda reservados ao poder políticos não passam de mediocratas (a nota medíocre para alguns é uma benesse de professor velho) à procura de protagonismo para saltar para uma qualquer cadeira que lhe dê dinheiro (o poder vem por acréscimo, o poder agora compra-se, ainda não repararam?) querem que eu acredite em quê?
Pouco há para ver, neste país de invisíveis qualidades. Repenso no custo de uma democracia e nos seus talentos. Lembro as frases das mães orientadas que diziam às filhas do princípio do século: “O vestido é lindo, mas não o vais usar mais de uma vez. É muito dinheiro para nada”. E as noivas lá iam para o altar de saia e casaco cinzento que, se Deus quisesse, as acompanhava até à mortalha.
Pois bem, a democracia é também um sistema demasiado oneroso para o povo que a paga se afinal só ao de leve e de raspão serve esse mesmo povo.
Eu avisei que as linhocas não seriam lindas e radiosas.... Eu avisei... A quem me perguntar o que eu defendo, só posso responder: nestes tempos de corrida eu parei para reflectir e assistir consciente ao fim de um tempo de ilusões. O que virá a seguir não sei, só sei que está na mão de todos dar um contribuição para que não caiamos no mais fácil, mais óbvio e mais cómodo: uma qualquer ditadura que nos prometa o apaziguar das consciências... A propósito (ou talvez não): já leram Agostinho da Silva?




Postado por: Borradela
publicado por manchinha às 17:23

Setembro 26 2005
eu já tinha pensado aqui num novo post muito brilhante daqueles de fazer pender o queixo de espanto mas é uma péssima ideia porque depois do úktimo da assumida mente fiquei praticamente gaga que a pikena escreve bem como o raio mas agora como quem não quer a coisa deixem-me lá ver as confusões do dia estou a pensar mais exactamente nos nossos candidatos presidenciais que o soares nem sei o que lá vai fazer a bem dizer não me apetece votar num pikeno de tanta idade eu sei que isto foi espetadela do marcelo rebelo de sousa mas não resisito a dar-lhe razão para que é que se quer um presidente a cair da tripeça além disso não me apetece votar nele porque o tenho debaixo de olho desde o glorioso verão quente e nunca o vi fazer nada pelas mulheres que não fossem cortesias de menino bem educado e se ele esteve em posição de fazer montes de coisas lá isso esteve e não fez por isso não voto nele está-se a ver já o alegre devia ter adivinhado que lhe vão fazer a vida negra no ps aliás sempre fizeram não é novidade nenhuma também já não é novo mas valha-nos deus isto não é a inglaterra e ter um presidente caçador é quase tão mau como o escândalo carlos e camila nós somos demasiado pequenos para uma coisa dessas aliás escândalos há-os de sobra caramba vá lá a gente querer mais lenha para se queimar depois o manuel é alegre mas não me faz sorrir é outro machão dos diabos comigo não pega essa do cavalheirismo e modos antigos farta de paternalismos ando eu é sempre para nos pôr a patita em cima tá bom de ver por isso também não me apetece votar nele já o cavaco que aqui entre nós que ninguém nos ouve gostava de palitar os dentes no avião entre duas visitas oficiais okay eu não divulgo a origem desta informação mas posso dizer-vos que quem conhece comissários de bordo da tap farta-se de recolher material puramente didáctico é claro que não posso deixar de me lembrar que foi o professor algarvio que herdou do ps os primeiros dinheiros e projectos da cee e ele que é tão douto e sabedor é que nos iniciou na crise em que estamos hoje porque na verdade era ele que tinha de tomar de imediato medidas que nos permitissem não estarmos agora endividados como a porra em vez disso deixou que se fizessem fortunas para os empresários criarem barriguinha e votarem nele claro está é boa política mas agora quem a paga somos nós para que é que quero o homem do palito na presidência além disso sou desconfiada e já as cabeças coroadas do reino que do algarve eram as malas gentes por isso aníbal vai passear as expectativas para outro quintal que aqui não entras já o jerónimo que os deuses me perdoem mas era o que nos faltava ter um clone do staline aos berros ao microfone e a pôr-nos a todos braçadeiras vermelhas no braço esquerdo já lá vai o tempo a única coisa de jeito era a festa do avante agora até o quim barreiros lá canta se for preciso livra que até os comunistas já não são o que eram o louçã claro parece mais do que é boa cabeça sim mas com adn de tiranete era o que nos faltava também eu voto nele se ele me disse exactamente o que vai fazer pelas mulheres e pelos homossexuais e pode fazer cem promessas e só cumprir uma e eu voto nele não vai é ter tempo coitado por isso adiante fica-nos a manuela magno a professora de évora a única mulher candidata olha que bem pode não ganhar porra nenhuma mas só de saber que o raio da candidatura lhe sai do coiro e da carteira vai ter o meu voto quanto a vós minhas amigas se estiverem com dúvidas votem em mim que vos conheço e distribuo beijinhos e lisonjas tão bem como qualquer candidato
publicado por manchinha às 09:38

Setembro 08 2005
férias1.gif


5 coisas que me tiram do sério:
- estupidez irremediável
- avareza emocional
- fé total nas aparências
- violência
- falta de sensibilidade

Gosto especialmente de:
- café com leite logo de manhã
- pensar antes de fazer qualquer coisa
- encostar a cabeça ao ombro de alguém muito amado
- ler todos os dias
- rabiscar todos os dias

5 Álbuns:
- Essence (Lucinda Williams)
- Requiem (A.W. Mozart)
- Dans Ma Chair (Patricia Kaas)
- Blue Cafe (Barry Manilow)
- Songs of the Atic (Billy Joel)

5 canções:
- Rien Ne S'Arrete (P Kaas)
- Baby One More Time (B Spears)
- The Blue Cafe (C Rea)
- Clouds In My Coffe (Carly Simon)
- Wings (B Tyler)

5 coisas que me vêm à cabeça:
- Sol
- Café e chocolate
- Esparregado e fisálias
- Pisar a areia
- Duche quente

publicado por manchinha às 14:12

Setembro 07 2005
You are .cgi Your life seems a bit too scripted, and sometimes you are exploited.  Still a  workhorse though.
Which File Extension are You?
publicado por manchinha às 17:22

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Setembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO