manchinha

Março 23 2004
kathy acker.jpg
"Fear is growing so rapidly in this world. There has to be something other than fear. There has to be something else." - Kathy Acker (http://acker.thehub.com.au/)
Mais do que o medo. Claro que há mais do que medo (http://killrockstars.com/bands/acker/audio/KathyAcker.mp3)
publicado por manchinha às 03:30

ainda te admiro por isso... ;)Manchinha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:yrleathergrl@web.de)
Anónimo a 2 de Abril de 2004 às 10:29

AINDA sou.PilantraX
</a>
(mailto:)
Anónimo a 2 de Abril de 2004 às 00:30

olá Pilantrinha. Não me dês a receita. Eu gosto da minha mortalidade. Agrada-me a perpectiva de acabar tudo e recomeçar qualquer outra coisa.Manchinha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:yrleathergrl@web.de)
Anónimo a 1 de Abril de 2004 às 22:47

Eu não tenho medo: ainda sou imortal.PilantraX
</a>
(mailto:)
Anónimo a 1 de Abril de 2004 às 14:20

Há mais do que medo. Definitivamente.Manchinha
(http://manchinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:yrleathergrl@web.de)
Anónimo a 24 de Março de 2004 às 11:29

O medo já chegou ao cesto do cão, que vivia imaculadamente inocente no periodo pré-terror. O cão agora já não gosta tanto de passear pela cidade, a cidade acorda nele muitas ideias de diversidade assassina; o cão já não gosa tanto de andar de comboio, por trás da paisagem visível, onde antes se avistavam aglomerados urbanos de significado abstracto para o cão, agora vêem-se possibilidades infinitas de violência que pode ter saído por uma porta, ou pode vir a entrar por uma janela.. Sinais. O cão anda arrepiado.eu
(http://eueocao.blogs.sapo.pt)
(mailto:)
Anónimo a 24 de Março de 2004 às 09:04

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Março 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
20

21
25
26
27

28
31


pesquisar
 
blogs SAPO