manchinha

Fevereiro 02 2008
no dia do medo eu por acaso não estava em casa tinha-me esquecido do casaco no anfiteatro e voltei atrás e por isso perdi aquele acontecimento de qualquer forma ia com os fones nos ouvidos a ouvir uma rumba e não sei se sabem mas é impossível ter medo a ouvir uma rumba por mais que se faça nem cai bem também ia a pensar nas minhas cenas não estava muito disponível de qualquer forma encontrei a jota pelo caminho que ia com o blusão de pele que tanto gosto de lhe ver contou-me as novidades e sentámo-nos no café a beber uma imperial os amendoins não estavam muito salgados mas paciência para a próxima consideramos outro sítio com melhores aperitivos e isto tudo vinha a propósito do medo a que eu falhei porque entretanto nos apeteceu ir até ao cinema estava o shortbus quase a sair e não era coisa que se perdesse gosto daquele princípio gráfico lindo fenomenal só por isso repito o filme quantas vezes for preciso é como o ghost o always o céu pode esperar comer beber homem mulher 2001 odisseia no espaço aimée e jaguar e outras criações divinas que nunca passam de moda também continuo a idolatrar os quadrinhos e as letras de canções com tanta coisa linda como é que eu havia de me lembrar do medo é que nunca mais nem quando a jota me deixou em casa estava tudo de pantanas uma alteração nunca vista por causa do medo tudo por causa do medo e mesmo assim não fui capaz de me identificar com aquilo caramba o medo a mim até me provoca arrepios na nuca mas depois acabou-se é só a primeira impressão porque é o que nos ensinam desde crianças o medo isto o medo aquilo assustamo-nos só de pensar mas quando chega a hora da verdade canso-me que é maior a expectativa que aquilo que acaba por ser por isso nesse dia sentei-me às escuras com os pés cruzados sobre o parapeito da janela a olhar lá para fora o medo sempre a mesma coisa pensei eu talvez um pouco desapontada por não conseguir sentir o mesmo que os outros não é que eu não tenha medo notem mas é que há muitos graus de medo e quando as coisas estão fora do nosso controlo e nos cai por exemplo uma pedra em cima um acidente qualquer isso dá medo claro mas são coisas ocasionais não acontecem todos os dias agora o medo comum aquele que está sempre a falar atrás de nós esse desculpem mas já não me diz nada não o entendo não vos entendo deve ser uma espécie de hobby esse de coleccionar medos tipo medo do patrão medo de perder o emprego medo do que as pessoas hão-de dizer medo de não ter dinheiro como se importasse muito ter medo nessas alturas com essas coisas que  afinal não são tão graves assim não sei se concordam mas o que eu vejo é que vivemos a vida toda com esses medos afinal subsistimos-lhes e continuamos voltamos a continuar e a levar a nossa vida e de repente o medo até se desvaloriza porque passa uma vida inteira e todas as coisas de que temos medo passam se resolvem para que temos medo afinal
publicado por manchinha às 17:01

medo de que o céu nos caia emcima? lá achavam os Gauleses! :)
no fundo, acho que para muitas pessoas, o medo acaba por ser uma alavanca impulsionadora, que os move... para outros, exactamente o contrário... o medo tolhe-os...
curioso... pensando bem, acho que as pessoas teriam medo de não sentir medo! ;)
Só Maria a 4 de Fevereiro de 2008 às 07:14

e não é que é mesmo isso um medo danado de tudo ora deixa-me cá fazer uma lista das coisas de que tenho medo a começar pela estupidez pela mediocridade e por essas coisas todas embirrentas que cheiram a gente sebosa e pós-zelosa que traz um risco preto nas unhas e a mesma roupa a semana toda e às vezes enm por isso mas são igualmente de meter medo
manchinha a 4 de Fevereiro de 2008 às 10:12

Medo é um sentimento muito pequeno não combina comigo.
Tuti a 10 de Fevereiro de 2008 às 00:00

ganda tuti é assim mesmo
manchinha a 10 de Fevereiro de 2008 às 00:21

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13
14
16

18
19
21

24
25
28


pesquisar
 
blogs SAPO