manchinha

Março 04 2008
os demónios são coisas pequeninas como as bactérias só que são mais parecidos com os anticorpos que a gente atira quando nos estão a atazanar o espírito e se perde a paciência e zás pega lá um demónio este foi feito de encomenda para ti e resulta sempre assentam que nem uma luva porque o corpo que leva com o anticorpo acusa sempre não é uma maravilha afinal só precisamos de estudar ciências da natureza biologia e física para perceber as relações sociais é tão simples e tornamos tudo complicado especialmente quando começamos a insistir nessa coisa das intenções ou que não foi com intenção e é claro que foi é sempre com intenção já se sabe mas invoca-se sempre alguma espécie de pureza quando não se quer confessar a verdade pura e simples ai que vontade dá de estalar quem se enche de boas intenções por isso é que se diz que delas está o inferno cheio a sabedoria popular está cheia de juízo mas voltando aos demónios que me parecem ser redondos rugosos e vagamente escuros embora o veneno tenha muitas cores e normalmente o branco é a mais comum delas não é como no cinema mudo em que se vomitavam pastas e pastas de veneno negro pela boca entre sacões de morte e olhos revirados daqueles cheios de sombra para se descobrir na profundidade o que faltava na expressão e por isso eu insisto os demónios são coisas pequeninas só que são muitos e acabam por valer em número o que não têm em tamanho e a coisa mais errada que há é subestimar um demoniozinho porque atrás dele vêm carradas e carrada de outros tipo marabunta solta-se um e vêm todos atrás porque não há demónio isolado não senhora vivem em magotes nuvens capazes de enegrecer o mais claro dos momentos demónio de coisa de que me fui lembrar
publicado por manchinha às 08:44

Por vezes...basta afastar um pouco o mal e o ódio que o cobre... e olhar para o interior...
Lá, tudo continua igual...dentro do coração...
Só Maria a 6 de Março de 2008 às 02:00

ora bem é possível vou espreitar
manchinha a 18 de Março de 2008 às 10:05

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12

16
17
19
20

24
25
26
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO