manchinha

Julho 16 2004
granja014.jpg

os meus olhos têm vista para o mar, é assim, verão ou inverno, não faz diferença quando a preguiça endémica ataca e fica, fica, até não haver pinga de vontade de lhe resistir.
quanto maior o stress, maior a vista para o mar, vá, lava-me a alma que o dever consome e a espuma, aqui tão perto, a tentar-me com esse cheiro de maresia a penetrar até aos ossos.
sento-me aqui na areia, caneca térmica de café, também sempre quente, de verão ou de inverno, e deixo o tempo passar.
publicado por manchinha às 03:51

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
23
24

28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO