manchinha

Fevereiro 02 2005
a morte chega cedo digo-vos eu que estou aqui debaixo de muitos palmos de terra a pensar por que razão chega ela e não chega a ausência o vazio total o oblívio enfim
a morte chega cedo e surpresa total não nos retempera não é nenhuma meta continua tudo na mesma como nos pesadelos quando somos crianças em que estamos a tentar fugir de qualquer coisa e não saímos do mesmo sítio pesam-nos as pernas toneladas como se sofressemos de elefantíase
a morte chega cedo é assim como portugal que desespero que aridez a dos blogues dos líderes candidatos vá-se lá saber como é que se consegue ser tão completamente desinteressante quando a finalidade é caçar votos digo eu que me aborreci de morte só a ler meia dúzia de linhas que castigo é este o nosso a que eterno martírio nos condenaram quando nos destinaram um país em que qualquer político é tão absurdamente entediante que nos faz desejar estar mortos não mortos na cama em silêncio e no meio de lençóis mas assim com a cabeça debaixo de um autocarro completamente esmagada ou assim com uma rajada de arma automática violenta enfim qualquer coisa que seja a antítese deste pesadelo de nadas que se arrastam e não nos largam não desamparam a loja nem as nossas vidas e isto deve ser o purgatório eterno estar-se condenado à mediocridade e ao limbo neutro da política e das ideias deste canteiro à beira-mar plantado
a morte chega cedo mas nunca para o mal esse é eterno claro
a morte chega cedo mas não suficientemente cedo para afastar o tédio e o sentimento de derrota a viscosidade do que nunca deixará de ser insuficiente e medíocre
não votem em mim não votem em mim não votem em mim não votem em mim
publicado por manchinha às 15:21

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Fevereiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

22
23
24
25
26

27
28


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO