manchinha

Dezembro 22 2007
vinha ali pela rua abaixo quando dou com um esquilo a correr tipo onda de rádio enlouquecida a pular e aterrar no tronco de uma árvore ficou ali a olhar para mim de noz na boca e eu para ele sem noz na boca esperou que eu pusesse a pasta de baixo do braço que tirasse a luva e alcançasse o telefone que procurasse a função da máquina fotográfica que focasse e pisga-te vai lá tirar fotografias ao raio que te parta fiquei com o registo do tronco e das folhas menos mal
publicado por manchinha às 10:11

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
18
20
21

23
24
25
26
27
28

30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO