manchinha

Maio 26 2006

hoje fui à lua apesar de ser sexta-feira e tudo apontar para alguns desvios da assertividade no que toca à abordagem correcta da superfície lunar mas hoje fui à lua porque me apetecia porque sentia que ali era o meu lugar há dias em que sinto assim uma certeza absoluta acerca de coisas que não parecem minimamente lógicas mas já deixei de me preocupar com o lógico há muito tempo por isso fui assentei os pés na poeira e caminhei por ali andei andei e andei não descobri nenhum café com pastéis de chaves nem ao menos mistos para tomar com a meia de leite mas não fez diferença o que eu queria era andar ali pela luz quase prateada descontraída no silêncio a olhar para o nada hoje fui à lua e não disse uma palavra a ninguém mas ouvi-me a mim com toda a atenção e regozijei-me porque não é todos os dias que se consegue fazer isso e afinal também não é todos os dias que se vai à lua pois não a minha professora de piano adormecia cabeceava e ressonava e depois abria um olho de vez em quando e dizia-me estás na lua estás na lua e obrigava-me a recomeçar a peça do princípio mas ela também não sabia nem fazia ideia e naquela altura eu não ia à lua ia a outros sítios mas não à lua claro

publicado por manchinha às 16:26

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO