manchinha

Outubro 16 2007

trago um sorriso não sei porquê ou talvez saiba e não queira dizer hoje li e reli as estradas de sol da natália correia ahh mulher-poeta de lindas palavras se bem que em termos de palavras não encontro melhor que a pastorela da teresa alvarez palavras de mulheres lindas desdobradas em maravilhas que se nos desenrolam na língua quando as pronunciamos a beleza não tem limites quando o amor está connosco e mesmo em tristeza não nos passa a alma amorosa o estado de bênção completa amor quero deserenrolar para ti palavras tão belas como tu é tudo o que tenho para te dizer

publicado por manchinha às 14:09

tolinha...
julinha a 21 de Outubro de 2007 às 13:23

manchas negras, cinzentas e brancas em todos os cantos da nossa vida. que fazer senão chocar de frente com elas e esperar que o acidente tenha consequências notáveis?
mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO